Escola de Educação em Direitos Humanos

Acervo Digital

Organizações e Entidades

Fale com a ESEDH

  • DISQUE 100
  • sos racismo
  • 180

Notícias

12/11/2019

Palestra: “Luiz Gama: um defensor dos escravos e do Direito”, no âmbito da celebração do Dia da Consciência Negra

A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho irá realizar no próximo dia 19 de novembro, a palestra “Luiz Gama: um defensor dos escravos e do Direito”, no âmbito da celebração do Dia da Consciência Negra, instituído em âmbito nacional, pela Lei nº 12.519/2011. A ocasião é dedicada à reflexão sobre as questões raciais na sociedade brasileira.


A palestra será ministrada pela Dra. Lígia Fonseca Ferreira, professora associada do curso de graduação e do programa de pós-graduação em Letras da UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo, com vasta produção acadêmica e bibliográfica.


O tema da palestra é sobre a vida e a obra do escritor, advogado, jornalista e abolicionista Luiz Gama (BA/1830 — SP/1882), reconhecido como sendo uma personalidade extraordinária de história brasileira. Que, dentre os raros intelectuais negros do século XIX, foi o único a ter sofrido oito anos de escravidão, fato marcante na trajetória de um homem nascido livre, cuja vida devotou a libertar escravos.


O evento é parte das atividades do Mês da Consciência Negra, e foi organizado pelo Departamento de Promoção e Defesa dos Direitos Fundamentais e Cidadania (DEFIF) e Escola de Educação em Direitos Humanos (ESEDH) da SEJUF, em parceria com o Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (CONSEPIR); Defensoria Pública do Paraná; Defensoria Pública da União, OAB/PR e Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da UFPR (NEAB).


Sobre a Profa. Lígia Fonseca Ferreira:
É bacharel em Letras pela Universidade de São Paulo (USP). Possui mestrado em Análise do Discurso, pela Universidade de Paris 13; doutorado em Estudos Portugueses e Brasileiros pela Université de Paris 3/Sorbonne, com tese sobre vida e obra do escritor e abolicionista Luiz Gama. Atua no departamento de Letras da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e é organizadora de Primeiras Trovas Burlescas e outros poemas de Luiz Gama (2000) e Com a palavra Luiz Gama, além de uma vasta produção acadêmica e bibliográfica.


Dia Nacional da Consciência Negra:
É celebrado Brasil, em 20 de novembro, dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695.


LUIZGAMA




Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.